http://www.facebook.com/ramojoalheiro http://br.linkedin.com/in/ramojoalheiro Google + Youtube Pinterest Skype RSS Acesso Vip Contato Webmail
http://www.facebook.com/ramojoalheiro Pinterest
VOCÊ ESTÁ EM: HOME / Artigos e Notícias /

Joias e artesanato do Pará encantam participantes da Feira das Américas



[Direto da Redação]

 

Pingentes, correntes, mandalas, colares, braceletes, broches e outras joias em ouro, prata, com gemas e design de joias artesanais exclusivamente amazônicas encantaram o público participante da 41ª Feira de Turismo das Américas realizada pela Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), realizada até este domingo no Anhembi, em São Paulo (SP).

 

O material do Espaço São José Liberto/Polo Joalheiro do Pará integrou uma exposição de produtos que representam os principais segmentos do turismo paraense, levados para a feira pela Companhia Paraense de Turismo (Paratur) e Secretaria de Estado de Turismo do Pará (Setur), em parceria com a Abav, realizadora do evento, que atraiu ao Anhembi um público de 80 mil pessoas.

 

"Avaliei positivamente esta participação, oportunidade para apresentarmos nosso artesanato e nossa produção de joias aqui em São Paulo. A procura pelo nosso material foi muito grande", afirmou Rosa Helena Neves, diretora executiva da Organização Social Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), que administra o Espaço São José Liberto, mantido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom).

 

Rosa Helena explicou que a exposição de joias envolveu mais de 20 peças, com nomes bem sugestivos para a Amazônia. Metamorfose, Amazônia Reluz, Chuva de Manga, Açaí na Cuia e Marajoara são alguns desses nomes. As joias foram criadas e confeccionadas por empresas, empreendedores e designers do Programa Polo Joalheiro do Pará.

 

Bolsas, acessórios, cerâmica e outros objetos valiosos do artesanato paraense também fizeram parte de uma exposição dos estados amazônicos na Feira das Américas, onde o Pará teve um estande exclusivo, ao lado do Amazonas, Acre, Tocantins, Roraima e Amapá, entre outros convidados.

 

Dança, música e outros atrativos turísticos locais, como a culinária paraense e o show da cantora Fafá de Belém também destacaram a participação do Estado na feira. O espaço destinado ao artesanato foi estruturado por região, refletindo a diversidade de todos os Estados do Brasil. No estande do Pará, o Espaço São José Liberto mostrou um pouco da representatividade do artesanato comercializado na Casa do Artesão, que concentra variadas tipologias do artesanato paraense, produzidas por cerca de 400 artesãos de 43 municípios do Pará.

 

Além dos setores de joias, gemas e artesanato, a gastronomia é outro setor criativo representado no Espaço São José Liberto, onde podem ser encontrados licores, bombons artesanais e outros produtos típicos da culinária paraense, que tiveram espaço reservado, na feira, para degustação de iguarias como licor de jambu, cupuaçu, queijo de búfala e bolinho de tapioca. O tradicional "Cheiro do Pará" também atraiu visitantes ao estande com seu perfume peculiar, obtido pela mistura da raiz seca do Patchouli com outras raízes e cascas de árvores perfumadas e típicas da região.

 

Considerado referência de território criativo e turístico da capital paraense, o São José Liberto ofereceu ao público da feira adornos, manualidades, bolsas, sapatos, cuias, peças decorativas e utilitárias, brinquedos de balata (tipo de látex) e de miriti (palmeira da região), bem como réplicas de cerâmicas arqueológicas marajoaras e tradicionais, feitas por 50 produtores paraenses, bem como artesanato religioso, com foco no Círio de Nazaré. No local, foram expostos colares, brincos e pulseiras feitos com materiais típicos da região, como chifres, madeiras, sementes e argila.

 

O coordenador comercial do Espaço São José Liberto, Thiago Albuquerque, comemorou o sucesso da participação do Polo Joalheiro em mais um evento de grande porte, a exemplo da 10ª Expocatólica, que aconteceu durante a Jornada Mundial da Juventude, em julho passado. "Acredito que a participação do Polo, a convite da Paratur, representa o reconhecimento das joias e do artesanato paraense, sendo tratados como uma vitrine de produtos do Estado do Pará e divulgando a cultura paraense, retratada através de produtos criativos de joias, artesanato e acessórios de moda".

 

A presidente da Paratur, Socorro Costa, elogiou a presença do Espaço São José Liberto na Abav, com o que ela chamou de "uma valiosa e requintada produção de joias e artesanato paraenses, que representam muito bem a riqueza dos nossos minérios e dos nossos artistas e designers do Pará". Segundo Socorro Costa, o acervo e a espertize da equipe do Polo Joalheiro são imprescindíveis ao trabalho de promoção e divulgação do Pará.

 

O secretário de Turismo do Pará, Adenauer Góes, enalteceu a presença das representações da iniciativa privada, sociedade civil organizada e dos parceiros do Governo do Estado, a exemplo do Mangal das Garças, Hangar Feiras e Convenções da Amazônia, e Polo Joalheiro. "Construímos uma relação de parceria com o Polo Joalheiro muito importante para o fortalecimento dos segmentos de cultura, natureza, eventos e negócios. Contar com mais esses produtos aqui na Feira das Américas, no estande do Pará, é muito importante para o desenvolvimento do nosso Estado", disse Adenauer.

 

O público aprovou os produtos apresentados pelo Espaço São José Liberto. "Além de bonitas, achei as joias muito especiais por que são feitas de matéria-prima sustentável, característica da Amazônia. O resultado dessa arte com sementes e a exclusividade das peças, que são a cara do Brasil, me encantaram", elogiou a administradora e servidora pública Maria das Dores de Oliveira, moradora de São Paulo que tirou o domingo para visitar os estandes da Abav.



CREDITOS:

Licença de Uso

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License.


COMENTE COM O FACEBOOK



Deixe Seu recado


Nome:

Campo obrigatório

Email:

Campo obrigatório

Comentário:

Campo obrigatório

Campo obrigatórioDigite os números da imagem ao lado

 

  



Veja Também


Você já pensou em revender semi joias?
| Oportunidade de revenda de semijoias como atividade de renda extra para você