http://www.facebook.com/ramojoalheiro http://br.linkedin.com/in/ramojoalheiro Google + Youtube Pinterest Skype RSS Acesso Vip Contato Webmail
http://www.facebook.com/ramojoalheiro Pinterest
VOCÊ ESTÁ EM: HOME / Entrevistas /

Entrevista com Larissa Venturini, vencedora do 1º Prêmio ALJ Designer, realizado em 2009




Larissa Venturini, vencedora do 1º Prêmio ALJ Designer, realizado em 2009, está de volta ao Brasil e conta com exclusividade sua experiência nas feiras de Paris (França) e Vicenza (Itália). Ela foi premiada com viagem à Paris na Eclat de Mode, a maior feira de Moda do mundo e aproveitou a oportunidade para conhecer a feira de joias da Itália.

A temporada na Europa da designer limeirense teve início em Vicenza, onde estava acontecendo a Vicenzaoro, a maior feira de ouro da Europa. Segundo Larissa, a feira demonstra todo o glamour italiano e a elegância da peças confeccionadas em ouro. “A joia em ouro possui uma beleza única e o design italiano consegue transmitir toda essa riqueza e elegância”, declara.

A feira grandiosa traz as principais tendências do momento, que serão moda no mundo todo, inclusive no Brasil. “A moda começa na Europa e tudo que existe lá pode ser aplicado no Brasil, desde que o designer saiba criar e não apenas copiar”, afirma.

Em contato com a ADOR, uma associação de designers italianos, Larissa pode apresentar o concurso Prêmio ALJ Designer e o trabalho da Associação Limeirense de Joias através da ALJOIAS Magazine, revista lançada em 2009. “Entreguei a revista aos designers e mostrei o potencial do setor de Limeira e dos designers brasileiros. Foi um ótimo contato que pode abrir muitas portas”, ressalta.

Na Eclat de Mode, Larissa conheceu as últimas tendências em acessórios, roupas, bolsas, lingerie, calçados. A feira, dividida em cinco pavilhões gigantescos, também possui expositores brasileiros no setor de acessórios. “As empresas brasileiras não abrem mão dessa feira, porque o retorno é muito bom. Conheci expositores de Minas Gerais, de estados das regiões Sul e Sudeste e até mesmo de Limeira”, conta.

A feira apresenta o “The Fashion Trends”, que mostra as tendências do momento através de vitrines. Neste ano, as tendências mostradas foram “Blush” – glamourosa, moderna e sensual “Farm” – romântica, charmosa “Urban” – contemporânea, prática e sexy e “Mix” – mistura de cores, livre, audaciosa.

A diversidade de acessórios, as vitrines bem elaboradas e o contato com designers de vários países do mundo foram alguns benefícios que o Prêmio ALJ Designer proporcionou à designer. “Esta viagem foi incrível e a Eclat de Mode acrescentou muito em minha carreira. Percebi que temos muito potencial e capacidade criativa, mas precisamos focar em nossa produção, naquilo que temos de melhor, que são nossos materiais. É preciso investir na criação própria e não apenas copiar as tendências da Europa”, finaliza.

Confira alguns trechos da entrevista com Larissa Venturini
Ramo Joalheiro: Quais as maiores diferenças entre as duas feiras?

Larissa Venturini: A Vicenzaoro é uma feira de joias em ouro, enquanto o foco da Eclat de Mode são expositores de bijuterias e acessórios. Fiquei encantada com os lados distintos de cada feira. Na Vicenzaoro vivenciei a singularidade e a elegância do ouro e na Eclat de Mode observei a multifuncionalidade e versatilidade dos acessórios. Mas nas duas feiras, conheci o trabalho de muitos designers, como dos belgas e dos dinamarqueses, que são magníficos, e troquei experiências com designers de todo mundo.

Ramo Joalheiro: Qual feira foi mais marcante para sua carreira?

Larissa Venturini: A Eclat de Mode foi um presente para mim, porque eu amo trabalhar com bijuterias. Conhecendo as duas feiras, pude ter mais clareza com relação a diferença entre a joia e o acessório. A minha paixão são os acessórios, porque eles podem ser criados com versatilidade de materiais, com mistura de cores e tamanhos e a muita criatividade.

Ramo Joalheiro: O design brasileiro tem espaço na Europa?

Larissa Venturini: É claro que sim. Na Itália existe um pouco mais de resistência, porque é um país tradicionalista e o foco deles são peças em ouro. Na França existe muito mercado para os brasileiros. Na Eclat de Mode, por exemplo, existe um espaço reservado somente para empresas brasileiras, e os expositores de outros países compram muitos materiais do Brasil, como pedras naturais, palha e sementes para confeccionar bijuterias. Os compradores da Europa gostam de nossos produtos devido a variedade de materiais utilizados em apenas uma peça.

Saiba mais
Eclat de Mode – The fashion side of jewelley aconteceu de 23 a 26 de janeiro. São duas edições anuais.
www.bijorhca.com
Fiera di Vicenza – Vicenzaoro aconteceu de 16 a 21 de janeiro. São quatro edições anuais.
www.vicenzaoro.org



SERVIÇO:
Inscrições 2º Prêmio ALJ Designer

O 2º Prêmio ALJ Designer, promovido pela Associação Limeirense de Joias (ALJ) e a Zalini Organizadora está com inscrições abertas até 20 de abril.
Os interessados devem associar-se a uma empresa que faça parte do quadro de associados da ALJ.

Mais informações pelo telefone 3702-4094 e pelo site:
www.premioaljdesigner.com.br



CREDITOS:

Licença de Uso

Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License.


COMENTE COM O FACEBOOK



Deixe Seu recado


Nome:

Campo obrigatório

Email:

Campo obrigatório

Comentário:

Campo obrigatório

Campo obrigatórioDigite os números da imagem ao lado

 

  



Veja Também